O Grupo de Estudos e Pesquisas em Sociologia Política (GRESP/UFPB), fundado por professores vinculados ao Departamento de Ciências Sociais e ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal da Paraíba – UFPB, reúne professores e estudantes de graduação e pós-graduação com o objetivo de criar formas de colaboração acadêmica e de pesquisa na área da Sociologia Política. O eixo comum que faz convergir os interesses e os esforços acadêmicos de todos os participantes do grupo é a busca pela compreensão das relações de ‘poder’ nas diversas formas (institucionalizadas ou não) que elas assumem no âmbito das sociedades contemporâneas.

Especificidade da abordagem do grupo sobre processos políticos: o fio condutor da abordagem sociológica sobre fenômenos políticos (apesar da imensa variedade de temáticas, escopos de análise e metodologias empregadas) aponta para uma focalização sobre as bases sociais subjacentes aos processos políticos e para a ampla problemática das relações entre Estado e sociedade. Assim, na orientação das pesquisas que ocupam o grupo de pesquisadores que compõem o GRESP são abordados tanto os imperativos cognitivos, normativos e institucionais, quanto o papel e a influência dos grupos sociais (atores coletivos, suas formações, composições e inter-relações) sobre processos políticos abrangentes.

Os desenhos de pesquisa e os seus recortes metodológicos priorizam dimensões menos tangíveis do fenômeno político. São exemplos disso: processos cotidianos de naturalização e encobrimento das condições geradoras de exclusão e desigualdades, os processos de reprodução tácita das hierarquias (materiais e simbólicas) sociais, os processos de construção social de fronteiras morais entre indivíduos e grupos sociais que criam ou perpetuam posições de poder, situações de subordinação, de exploração e múltiplas formas de opressão.

LINHAS DE PESQUISA

Desigualdades, hierarquias sociais e cidadania

Investigar processos de criação, reprodução, legitimação e naturalização de desigualdades e hierarquias sociais, em conexão com os processos de fortalecimento ou fragilização dos direitos de cidadania, bem como analisar políticas sociais concebidas para lidar com esses fenômenos nas sociedades contemporâneas.

Sociedade civil, movimentos sociais e democracia

Pesquisar as interações entre atores sociopolíticos (institucionais e não-institucionais) inseridos em contextos históricos densos, analisando fundamentalmente os tensionamentos, os retrocessos ou os potenciais aprofundamentos da democracia decorrentes dessas interações

 

Experiência Moral e Vida Pública

Estudar os processos de produção de sensibilidades e valores morais a partir de uma perspectiva que privilegie os embates no campo do poder, os processos (des)civilizadores e a generalização de valores no Brasil e em perspectiva comparada.

 

Emancipação, utopias e novas virtudes

Analisar a organização de valores, sentidos emancipatórios e experiências de engajamento nas diversas formas de empreendimentos morais contemporâneos

 

Políticas públicas para ensino superior no Brasil

Discutir o papel social da ciência e do ensino superior no Brasil e no mundo contemporâneo. Analisar os determinantes sociais das políticas públicas para o ensino superior. Apresentar uma visão histórica sobre o desenvolvimento das políticas para a o ensino superior no brasil.

 

Institucional

Mapa do site

©2023 por DaTerra. Orgulhosamente criado com Wix.com